O OBSERVATÓRIO é um grupo acadêmico, aberto à participação de pesquisadores interessados em estudar as interações entre Educação Física e Mídia. Isso faz com que os seus integrantes sejam muitos, embora nem todos tenham participação cotidiana. Assim, os integrantes abaixo compõem o que se pode chamar do núcleo permanente do Grupo, alguns desde a sua fundação. Cada um se apresenta aos visitantes desta página, contando um pouco de sua vida, de uma forma talvez não muito comum à academia.

ANDRÉ QUARANTA

Nasci em Aracaju - SE em março de 1979. Sou licenciado em Educação Física e Especialista em Educação Física para a Educação Básica pela Universidade Federal de Sergipe. Atualmente sou Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Educação Física na Universidade Federal de Santa Catarina, onde estou localizado na Área de Concentração Teoria e Prática Pedagógica.
Ingressei na Rede Pública de Ensino pelo Estado de Sergipe em 2006 e estou lotado na Escola Estadual Professora Maria Hermínia Caldas na cidade de Nossa Senhora do Socorro. Já trabalhei no ensino fundamental e médio, como também tive a oportunidade de atuar na Educação de Jovens e Adultos do ensino médio.
Me aproximei dos estudos em Mídia e Educação Física através de uma oficina ministrada pelo professor Sérgio Dorenski Dantas Ribeiro em julho de 2006. Desde 2007 faço parte do LABOMÍDIA. Me interesso pelas temáticas: Educação Física Escolar; Mídia e Educação Física; Análise de produto midiático; Ensino à Distância; Cultura Docente.

Contato: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

ANGÉLICA CAETANO

Bom, falar de si próprio nem sempre é legal, porque geralmente só falamos as coisas boas... mas vou tentar.Durante minha infância sempre fui “fominha” de bola, não perdia uma aula de Educação Física, mas não era tão boa em todos os esportes (e eu só tinha esportes como conteúdo). Não queria ser professora, mas queria fazer Educação Física, que contraditório!!! Fiz vestibular para Letras em Inglês/Português (influência materna), Turismo e Educação Física, passei para as duas últimas e cheguei a cursar por um período as duas juntas... não agüentei, pois as duas eram públicas. Optei por aquela que eu tinha mais prazer: Educação Física. Na Universidade, me chamavam de “fome zero”, diziam que eu catava a bola até dos meus pares do time! (Acho que isso era verdade). Ao ser bolsista de Iniciação Científica, me apaixonei pela educação, e ao terminar a graduação, queria muito fazer o mestrado, mas não sabia muito para onde ir, já que no RJ, só tinha mestrado em EF pago, na área pedagógica. Sem esperanças para passar, pois não tinha nenhum contato, vim para SC tentar seleção com um professor (aos conselhos de um amigo também graduado na UFRRJ, assim como eu, que já estava realizando o mestrado aqui, mas em outra área). Ao chegar, para meu espanto, este professor não abriu vagas, fiquei “sem os pés no chão”, até que me falaram que havia um professor muito querido por todos chamado Giovani e que estudava mídia e Educação Física, e eu nunca havia estudado nada parecido. Com humildade e com vergonha, fui até ele demonstrar meu interesse em participar da seleção. Bom, o resultado é esse, ele apostou em mim (espero que não se decepcione, rs). Aqui estou, mestranda na UFSC, feliz e aprendendo muito com todos do grupo de pesquisa e principalmente com o Giovani. Satisfação por ter sido selecionada por ele é o que não me falta! Agora todos terão que aturar uma “carioca” quem nem curte muito funk (só alguns) e nem fala com tantos “x” (só às vezes, rsrs), mas que está infinitamente encantada com os estudos sobre mídia e Educação Física
.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

ANGELO LUIZ BRÜGGEMANN


Nascido em Santo Amaro da Imperatriz, filho de professores de Educação Física da Rede Municipal e Estadual em Santa Catarina. Sou licenciado em Educação Física pela Universidade Federal de Santa Catarina, Mestre e atualmente Doutorando no Programa de Pós Graduação em Educação Física da UFSC. Integrante do LaboMídia desde de 2009 quando cursava a segunda fase do Curso, Fui bolsista da Rede Cedes, Pibic e atualmente da Pós-Graduação. 


 

Contato: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

ANTONIO GALDINO DA COSTA

Sou de Cunha, interior de São Paulo, lá no topo da serra, uma Estância Climática ímpar. Cursei a graduação em Educação Física na cidade de Cruzeiro, no Vale do Paraíba, São Paulo. Fiz especialização em Ciência da Musculação na Universidade Gama Filho e em Educação Física Escolar na Universidade Federal de Santa Catarina. Perambulei por alguns lugares como Resende/RJ, Boa Vista/RO, Ouro Preto/MG, até chegar a bela e Santa Catarina, onde trabalho no CEFETSC, Unidade de São José, desde 92, com a educação profissional e ensino médio.
A temática Educação Física e Mídia está sempre presente no cotidiano escolar, principalmente quando se trabalha com os jovens. Atualmente, sou mestrando em Educação Física no Centro de Desportos/UFSC, na área de Teoria e Prática Pedagógica. Meu objeto de estudo é a questão da moda/indumentária em culturas juvenis, como símbolo de comunicação.
Além dessa temática, me interesso pela Educação Física escolar, mais particularmente voltada para o Ensino Médio.

Contato: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

ANTONIO LUIS FERMINIO

 


Nasci em Rio do Sul-SC na década de 80 quase em 90, no ano que seu time levanta a quarta taça da história do clube de campeão brasileiro e cinco anos onze meses e dezoito dias depois do seu time ser campeão mundial. Sou graduado em Educação Física Licenciatura pela UNIVALI em 2009, Mestre em Educação pela UFSC em 2012 e atualmente doutorando em Educação Física pela UFPR. A aproximação com os estudos de mídia e educação física se deu em 2009 quando cursei a disciplina de Educação Física e Mídia no PPGEF/UFSC e em 2010 ingressei no grupo LaboMídia/UFSC e desde então, continuo participando e colaborando. São apenas números, que fazem parte da história de qualquer pessoa que na medida de amar é amar sem medidas

Contato:  Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

ARTHUR FRANCO E SILVA

Meu nome é Arthur, estudante do curso de Educação Física da UFSJ, que fica em São João dos queijo, MG. Natural desta mesma cidade. Flamenguista apaixonado, que escutou belas histórias sobre Zico, Adílio, Junior, Andrade e cia. Amante da Educação Física Escolar, que está prestes a ficar desempregado por se formar no fim deste ano. Começando a me envolver com as questões sobre midía-educação (física) por influência do professor Diego Mendes. Abraço a todos e uma cerveja gelada.

BIANCA NATÁLIA POFFO

Catarinense, corinthiana, apaixonada por corrida e ciclismo. Em 2007 me tornei caloura do curso de Licenciatura em Educação Física na Universidade Federal de Santa Catarina. Logo conheci o professor Giovani e comecei a atuar como bolsista do projeto Rede Cedes. Durante toda a graduação participei do LaboMídia com os projetos coletivos, da Rede Cedes e também como bolsista de iniciação científica. Me formei em 2011 e neste mesmo ano comecei a colaborar com a editoração da revista Motrivivência. Ingressei no mestrado em 2012 sob orientação do professor Giovani e em 2014 ingressei no doutorado na Universidade Federal do Paraná. Atualmente resido em Curitiba, mas mesmo de longe mantenho os laços acadêmicos e afetivos com o LaboMídia.

Contato: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

CARLA MOTEIRO SOUZA

Integrante do grupo carinhosamente denominado LABOMINAS sou Carla Monteiro Souza, nascida no interior das minas de ouro, filha de uma professora de primário que desde cedo me ensinou amar a escola de um jeito diferenciado. A Educação Física surgiu como paixão na adolescência, jogadora de voleibol por muitos anos o sonho era entrar na faculdade e se formar como treinadora (rsrs), entretanto, muita coisa mudou neste processo. Aluna do 6° período de Educação Física da UFSJ e bolsista do Programa de Iniciação a Docência há quase dois anos, descobri muito mais que o voleibol no chão da escola, descobri outros saberes, outros ensinos e uma prática pedagógica fascinante. Cercada de tanto aprendizado venho descobrindo um “ser professora” que a cada dia me encanta mais e também me preocupa. O LaboMídia surgiu com a vinda do professor Diego a nossa instituição e inicialmente eu não era uma aluna fascinada pelo assunto.Contudo, ao realizar várias observações escolares, a maneira como acontece a comunicação entre o professor e o aluno nas aulas de Educação Física me chamou a atenção e atualmente será meu tema de estudo para conclusão do curso.E a partir disso, o LaboMídia vêm me mostrando muitos outros estudos e caminhos a serem pesquisados, sei que muito tenho a aprender e espero continuar no carinhoso LaboMinas por muito tempo, acrescentado não só como aluna mas, posteriormente como profissional de Educação Física.

CASSIA HACK

Nasci em Matelândia, cidade do oeste paranaense em agosto de um lindo ano!!! No auge da crise da Educação Física, antes da decisão de cursá-la, adentrei com meus pais o interior do Mato Grosso. Licenciei-me em Educação Física na UFMT alguns anos depois quando iniciei minha carreira profissional em Cuiabá (MT), trabalhando com educação infantil, EJA – que naquela época era supletivo e iniciação esportiva na AABB. Creiam-me fui monitora de natação!!!

Tempo depois, aceitei outro desafio: morar e trabalhar em um Colégio Interno em Chapada dos Guimarães (MT). Um ano mais tarde, aventurei-me noutras bandas do vasto Mato Grosso e assumi o cargo de professora na Universidade do Estado de Mato Grosso. No início do século XXI, assumi por concurso público, o cargo de professora de Educação Básica, na Escola Estadual "Onze de Março". Nesta instituição, trabalhei por uma década com Ensino Médio (Projeto APOENA; Ensino Médio Integrado a Educação Profissional - EMIEP). Durante este tempo fiz algumas especializações (Educação Física Escolar; Historiografia e Memória; Planejamento Educacional) fiz também o mestrado em Educação Física na UFSC sob orientação do professor Giovani De Lorenzi Pires (um grande camarada!) apresentando a dissertação "Lazer e Mídia em Culturas Juvenis: uma abordagem da vida cotidiana". Por

idealização e iniciativa de um pequeno grupo de amigos fundamos o Grupo de Estudos "Observatório da Mídia Esportiva" que atualmente agrega um coletivo bem maior de pessoas e se expande para as diversas regiões do país, criando uma teia em diferentes instituições. Atualmente, estou no meio do mundo, entre outras coisas, trabalho na Universidade Federal do Amapá.

Contato: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

CRISTIANO MEZZAROBA

Nasci em Barão de Cotegipe/RS ("só" nasci, porque o hospital de Jacutinga estava "fechado"), sendo que se passaram alguns dias eu já estava morando em Jacutinga (RS), onde vivi por 21 anos.
A partir de agosto de 2000, mudei-me para Florianópolis, já que havia sido aprovado no vestibular da UFSC para o Curso de Educação Física. Em abril de 2001, ingressei no Programa de Educação Tutorial - PET (quando entrei se chamava Programa Especial de Treinamento), tendo experiências diversas (pesquisa, extensão, organização de eventos, viagens, reuniões de estudos e administrativas etc.), permanecendo até o final do Curso. Formei-me em março de 2005, e, neste mesmo mês, iniciei o curso de Ciências Sociais (UFSC).
A temática de Educação Física e Mídia despertou meu interesse logo na primeira fase de Educação Física, numa palestra sobre Espetacularização do Esporte (ministrada pelo Prof. Giovani Pires, na Semana da Educação Física - 2000/2). Participei de algumas palestras sobre este mesmo tema durante o curso e, quando estava na 7ª fase, fiz a disciplina de Educação Física, Esporte e Mídia. Como Trabalho de Conclusão de Curso, realizei um estudo dentro desta temática, intitulada Estratégias discursivas no agendamento do esporte na mídia:o voleibol masculino do Brasil em Atenas 2004 (tendo como Orientador o Prof. Giovani Pires). Já ia esquecendo: entrei no Grupo de Estudos Observatório da Mídia Esportiva em agosto de 2004.
O que me interessa? Várias coisas me interessam... exemplos: (a) aprofundar meus estudos na relação entre Educação Física e mídia; (b) como "tratar" desta relação numa aula de Educação Física; (c) a "construção" ou "apropriação" dos ídolos pela mídia e as repercussões disso na Educação Física (no caso, Escolar); (d) o agendamento no esporte (teoria da agenda-setting); (e) formação profissional em Educação Física; entre outros temas.

Contato: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

DANIEL MINUZZI DE SOUZA

Olá pessoal, me chamo Daniel, mundialmente conhecido como Xibaba. Nasci em Santa Maria (da Boca do Monte) –RS. Onde me criei, e estudei. Fiz minha graduação (2000-2003) e especialização (2004 -2005) no CEFD/UFSM.Um dos grandes motivos que me fez subir na vida, do RS para Santa ( e bela) Catarina, foi a possibilidade de dar continuidade na minha formação humana e acadêmica num lugar tão especial como a UFSC em Florianópolis, ainda mais fazendo parte de um grupo que mais parece uma família o observatório da mídia esportiva (OME) ou FOME.Estamos aí, para o que der e vier. No CDS/UFSC conclui meu Mestrado em Educação Física (2010). Partindo dos pagos de Santa Maria me aquerenciei em Itajaí-SC. Cidade que me acolheu profissionalmente, inicialmente na rede pública municipal de ensino fundamental, e posteriormente no Ensino Superior, onde lecionoei nos Cursos de Educação Física da Universidade do vale do Itajaí (UNIVALI).

Atualmente sou professor do ensino básico técnico e tecnológico, no Institituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia Catarinense (IFC)

Abraço

DIEGO MENDES

Para falar sobre mim achei interessante contar-lhes a seguinte história:
Em 1982, na terra do morango, Estiva - MG, nascia mais um dos integrantes que hoje compõe o Observatório da Mídia Esportiva. Um garoto como poucos, que no trilhar de sua caminhada opinou pela nobre profissão de Professor de Educação Física.
Seu nome, Diego.
Na busca de concretizar esse sonho e outros, como morar na praia, virar surfista e comer camarão todos os dias, foi que, em 2001, Diego, mudou-se para Florianópolis, após ser aprovado no vestibular da UFSC.
Em seu percurso nessa instituição, Diego atreveu-se a bancar o cineasta, produzindo um trabalho acadêmico em vídeo para a disciplina Educação Física, Esporte e Mídia. Frente ao "enorme" sucesso de tal produção, nosso herói foi convidado a integrar-se ao LaboMídia, que acabava de tornar-se uma realidade no CDS, atuando como editor de imagens.
Assim, convivendo em ambiente tão instigante, Diego interessou-se veemente pelas temáticas da mídia e Educação Física. Então, como todo mineiro legítimo, foi comendo pelas beiras e, aos poucos, se juntando aos companheiros do Observatório da Mídia, sendo o primeiro acadêmico a participar desse grupo. No segundo semestre de 2005, apesar de ainda não surfar, nem comer camarão todos os dias, Diego tornou-se professor de Educação Física, o grande sonho da sua vida. Ai veio o mestrado, as atividades como docente substituto na UFSC e na Unicentro/PR. Fez concurso, passou. Foi ser professor em Aracaju/SE, na UFS, onde ajudou a fortalecer o LaboMídia UFS. Por fim, depois de rodar esse brasilzão, voltou para Minas (como pode um peixe vivo viver fora da lagoa?), agora como professor da Universidade Federal de São João Del.  O restante dessa história ainda não esta traçado.Ah, e o LaboMinas já é realidade!

ELITON SEÁRA 

Meu nome é Eliton Seára. Sou aventureiro da vida e aviador de sonhos. Busco introduzir a arte nos mais diversos contextos da minha agitada vida, inclusive, na acadêmica. Já fui frentista, balconista, sacristão de igreja, garoto de programa (DE TV), locutor de rádio e hoje sou professor.  Sou Doutorando no programa Interdisciplinar em Ciências Humanas na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), realizei mestrado em Educação (linha Ed e Movimentos Sociais) pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e sou licenciado em Educação Física pela Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI). Participo do Labo (como gosto de chamar) desde 2009. Como fui muito bem recebido, não quero mais sair. 

http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4447135D8 

FÁBIO MESSA

Quando criança, eu dizia que queria ser cientista louco. Lembro-me que meu pai até me deu de presente o kit do pequeno químico, adorei o brinquedo e uma vez quase ateei fogo no meu gabinete de experiências. Nasci em Ponta Grossa-PR, no ano da Copa de 70. Culturalmente sou gaúcho de Porto Alegre, com um sotaque inconfundível de Magro do Bonfa, que eu acho que já perdi. Já no segundo grau, passei a dizer que queria ser jornalista. Tinha uma visão mítica do jornalismo, queria sobrevoar vulcões e terremotos de helicóptero, ser correspondente internacional, apresentar programas sensacionalistas etc. Graduei-me em Jornalismo em 91 (PUC-RS), licenciei-me em Letras em 93 (UFRGS), e a Educação Física (2005-UFSC) surgiu como vocação tardia e mais do providencial. Muitos dizem que sou estudante profissional, que coleciono diplomas, mas o fato é que tenho receio de que minha mente fique estagnada, portanto sou partidário da interdisciplinaridade. E desde então aprendi que todas as relações são possíveis, basta a gente ter argumentos convincentes para construí-las e sustentá-las. O fato é que hoje faço parte do Observatório, e nele pretendo contribuir com o meu olhar de jornalista que não deu o braço a torcer para subverter-se às políticas editoriais das grandes empresas de comunicação. Hoje no ensino de graduação em Comunicação Social tento desenvolver com os meus alunos uma espécie de anticatequese do fazer jornalístico tradicional. Minha ordem sempre foi a da desconstrução.

FABIO ZOBOLI

Nasci em Timbó/SC em 07 de dezembro de 1977. Em 1992 virei atleta de atletismo, modalidade esta que pratiquei por 10 anos e que foi motivo de meu ingresso no curso de Educação Física (1996-1999) na Fundação Universidade Regional de Blumenau (FURB). Me especializei em “psicopedagogia clínica” no Rio de Janeiro em 2000. O meu Mestrado em Educação marcou meu retorno a FURB (2001-2003). Dois anos depois ingresso no programa de doutorado (2005-2007) em Educação na Universidade Federal da Bahia – UFBA onde investiguei, sob um viés epistemológico, a cisão corpo/mente no âmbito das práxis da Educação Física. Desde minha graduação o CORPO – sob o olhar das ciências humanas – tem sido meu objeto de estudo. No ano de 2009 ingresso, após concurso público, no Departamento de Educação Física da Universidade Federal de Sergipe (UFS). Foi em Aracaju que comecei a ter contato com as temáticas que envolvem a Mídia e a Educação Física. Cristiano Mezzaroba e Diego Mendes são meus padrinhos de grupo. Em 2012 após a benção do “Papa Giovani I” sou membro da “família LABOMÍDIA”.

FERNANDO GONÇALVES BITENCOURT

Pai do Eduardo, que nasceu em 25 de fevereiro de 2001 - a mais bela de minhas artes - sou Fernando Gonçalves Bitencourt, um Cyborg. Nasci na Ilha de Santa Catarina, há muito mais tempo, onde vivo desde então com a tranqüilidade que o estresse permite
Minhas áreas de interesse são: o bar (a cerveja e a cachaça), a praia, a música (o violão), as... etc... Além de profundamente envolvido nestas questões existenciais, estudo: Educação Física Escolar, Esporte e Mídia, Antropologia etc.
Sou LICENCIADO em Educação Física pelo CEFID/UDESC, mestre em Educação e Cultura, também pela UDESC e mestre e doutor em Antropologia Social pela PPGAS/UFSC. Leciono Educação Física no IF-SC - Campus São José.
Labomaníaco de plantão, integro também o time que compõe o GTT comunicação e mídia do CBCE e, na Antropologia, sou pesquisador no NAVI-GAUM/PPGAS/UFSC.

"Quésx sabe masx, ói ói ó, mofasx ca pomba na balaia. Vai vê u Lattesx ôh!!!"

Contato – Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

GILSON CRUZ JUNIOR

Normal 0 false false false PT-BR JA X-NONE /* Style Definitions */ table.MsoNormalTable {mso-style-name:"Table Normal"; mso-tstyle-rowband-size:0; mso-tstyle-colband-size:0; mso-style-noshow:yes; mso-style-priority:99; mso-style-parent:""; mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt; mso-para-margin-top:0cm; mso-para-margin-right:0cm; mso-para-margin-bottom:10.0pt; mso-para-margin-left:0cm; line-height:115%; mso-pagination:widow-orphan; font-size:11.0pt; font-family:Calibri; mso-ascii-font-family:Calibri; mso-ascii-theme-font:minor-latin; mso-hansi-font-family:Calibri; mso-hansi-theme-font:minor-latin;}

Salve! Me chamo Gilson Cruz Junior, nasci na capital capixaba, Vitória, no ano de 1986, mas passei quase toda a minha vida em Vila Velha, cidade localizada na região metropolitana do estado. Além de um belíssimo litoral, Vila Velha também abriga a famosa fábrica da chocolates Garoto, estabelecimento que me rendeu saborosas excursões durante os tempos de escola.

Em 2006, impulsionado por minha trajetória de atleta no handebol, ingressei no curso de Educação Física na Universidade Federal do Espírito Santo. Para minha surpresa, havia ocorrido ainda naquele ano a implementação da reforma curricular que “transformou” o antigo curso de licenciatura plena “generalista” no curso de licenciatura voltado à educação básica. Eis que eu, desviado do meu objetivo de atuar como treinador, percebo-me num curso que me prepararia para ser professor da escola – função pela qual não tinha nenhuma simpatia naquele momento. Em 2008, entediado com as (repetitivas) atividades do curso, resolvi transformar meu “passatempo” favorito em objeto de estudo, dando início à minha primeira incursão acadêmica pelo universo dos games.

Em 2010, após conhecer os trabalhos do Labomídia no CONBRACE ocorrido no ano anterior, em Salvador-BA, mudei-me para Florianópolis, cidade na qual cursei o Mestrado em Educação (PPGE/UFSC) e também onde inicio, em 2013, as atividades de meu doutoramento. =)

GIOVANI DE LORENZI PIRES

Sou professor de Educação Física, com carteirinha do MEC n° L-7911, licenciado pela UFSM, em 1978; depois disso, andei pela ESEF/IPA (especialização em ciências do esporte), voltei à UFSM (mestrado em ciência do movimento) e estive na FEF/UNICAMP (doutorado em ciências do esporte).
Por 14 longos e enriquecedores (de experiências) anos, dei aulas de Educação Física para o ensino fundamental e médio em escolas públicas. Antes de vir para Florianópolis, ainda trabalhei pouco mais de um ano na ESEF/UFRGS, em Porto Alegre. Estou na UFSC desde 1993, já sou um mané-úcho !!!
Na área de estudos de Educação Física e Mídia, ajudei a criar o GTT de Educação Física, Comunicação e Mídia do CBCE, tendo sido seu primeiro coordenador e, até hoje, participo como membro do comitê científico do GTT.
Na UFSC, desde 1993, faço parte do Núcleo de Estudos Pedagógicos da Educação Física (NEPEF/UFSC), sendo co-editor da revista Motrivivência. E integro, com muito prazer, o LaboMídia e o Observatório da Mídia Esportiva.
Ah! Para concluir: não me tomem por exibido, mas sou do Alegrete! E antes que "me perguntes onde fica o Alegrete", digo logo: "segue o rumo do teu próprio coração !!!"

Contatos:  Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. e Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

IRACEMA MUNARIM

Nasci em 1981, na cidade de Lages, SC, onde morei durante os meus primeiros 18 anos de vida. Por coincidência, o resultado do vestibular que prestei para Educação Física na UFSC saiu no mesmo dia de minha mudança para a Ilha de Santa Catarina. Impossível melhor recepção...
Já no curso, fui integrante do grupo PET de 2001 a 2004, onde aprendi muito sobre pesquisa, realização de eventos e convívio em grupo. Foi neste tempo que comecei a me interessar por assuntos relacionados à mídia e educação. No mesmo ano de minha formatura prestei concurso para o mestrado do Centro de Educação, na Linha Educação e Comunicação. Aprovada, fui orientanda da professora Gilka Girardello, com co-orientação do professor Giovani Pires. Desde então, faço parte também do Núcleo Infância, Comunicação e Arte (NICA) além do Labomídia, que comecei a frequentar aos poucos no final do curso de graduação. Após o mestrado, e depois de dar aulas de Educação Física na Educação Infantil, hoje sou professora substituta no Centro de Educação desta mesma universidade. E continuo, cada vez mais, instigada a pesquisar as relações entre crianças e mídias, com ênfase na imaginação e na cultura de movimento das crianças.

Contatos: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.  

JULIANO SILVEIRA 

 Nascido na Ilha de Santa Catarina no ano de 1981, porque até hoje Palhoça não tem Maternidade, mas registrado como natural desta terrinha na qual vivi praticamente a vida toda: a Grande Palhoça!!! Sou licenciado em Educação Física pela Universidade Federal de Santa Catarina, tendo concluído o curso no ano de 2003. Concluí o Mestrado em Educação Física nesta mesma Instituição no ano de 2007, tendo sido orientado pelo Prof. Dr. Maurício Roberto da Silva. Atualmente curso o Doutorado em Educação Física pelo PPGEF/UFSC, sob orientação do Prof. Dr. Giovani De Lorenzi Pires. Desde 2004 atuo como professor de Educação Física escolar no âmbito da Educação pública, tendo trabalhado nas Redes estaduais de Minas Gerais e Santa Catarina e nas Redes municipais de Palhoça, Biguaçu e atualmente em Florianópolis. Passei a fazer parte deste Grupo incrível no ano de 2011 e desde então sigo realizando meus estudos relacionados à Educação Física escolar, Educação Física na Educação Infantil e formação de professores na perspectiva da cultura digital. Também tenho interesses de estudo em áreas como Políticas públicas de esporte e lazer e Educação Física, esporte e mídia.


LYANA THÉDIGA DE MIRANDA


Brasiliense que mora em Floripa, publicitária desiludida, jornalista esperançosa e, agora, acadêmica em Educação Física. Do cerrado à praia, lá se vão 29 anos de vida. Vamos do início.
Filha de professores de Educação Física, fui criada em uma atmosfera totalmente esportiva. Minha mãe tem orgulho em dizer, e diz sempre, que “criou os filhos na pista de atletismo!”. Nesse ambiente pratiquei várias modalidades esportivas, mas foi nos saltos ornamentais que me encontrei, e dediquei dez anos de minha vida. Claro que escolhi cursar Educação Física, certo? Errado. Fui cursar Publicidade e Propaganda, área na qual atuei por seis anos, sempre no maravilhoso mundo das agências de propaganda. Até cair na real e vir me “curar” em Floripa.
Agora sim Educação Física, né? Ainda não. Cursei Jornalismo e foi lá que resgatei minha vontade, agora com o desejo renovado. Depois de conhecer o pessoal do Labomídia, por intermédio do meu forever mestre Messa, achei a conexão entre tudo o que cursei e o que sempre quis cursar. E melhor. Há quase um ano sou acadêmica do curso de Educação Física na UFSC e participo do Labomídia. Meu objetivo? Aproveitar muito esse contato mágico com pessoas tão sábias, comprometidas e que não hesitam em ajudar essa caloura! 

Contato: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

LUCIANA CAROLLINE PINA GARCIA

Em março de 1988, depois de três tentativas finalmente nascia a tão esperada filha (mulher) de Aurélia e Acrizio. Foi na pequena cidade do sertão de Sergipe, Graccho Cardoso, que vivi os melhores momentos de minha infância e parte da adolescência construindo, junto a pessoas que me orgulho, a minha história. Aos 16 anos vim para a capital em busca de realizar um sonho de infância, a psicologia, expectativas frustradas me levam a desistir. Em fevereiro de 2007, ingresso na Universidade Tiradentes no curso de Educação Física, sem muito interesse na área pelo pouco conhecimento penso logo em desistir. Em 24 de setembro do mesmo ano acontecia na UFS o I SIMPOSIO DE EDUCAÇÃO FÍSICA PARA A EDUCAÇÃO BÁSICA, onde conheci os professores Giovane Pires, Fernando Bittencourt e Sergio Dorenski que me levaram a ver na Educação Física outros horizontes: “A mídia como tema transversal”, tema da palestra que desperta em mim novos interesses, assim em 15 de dezembro de 2007 estava eu participando da minha primeira reunião no melhor grupo de mídia do mundo, o qual me orgulha ser a eterna mascote.  Hoje sou uma quase professora de Educação Física, com formatura prevista para dezembro de 2009, encantada e apaixonada pelos estudos de mídia-educação, eterna criança.

Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

LUCIANA FIAMONCINI

Sou Luciana, natural de Rio do Sul/SC. Vim estudar em Florianópolis e formei em Educação Física em 1994 na UFSC. Depois disso fiz Especialização em Educação Física Escolar também no CDS/UFSC. Desde 1997 sou professora do curso de Educação Física da UFSC trabalhando com dança. Depois fiz Mestrado na Educação (CED/UFSC)e em 2011, ao ingressar no Doutorado em Educação Física (CDS/UFSC), passei a fazer parte do LaboMídia, grupo acolhedor, empenhado, crítico e meus estudos se ampliaram para pensar a educação e a Educação Física e suas interfaces com a mídia.


MARCIO ROMEU

Bem, meu nome é Marcio Romeu, sou natural de Guaragi, um pequeno distrito da cidade de Ponta Grossa no Paraná. Sou professor de Educação Física, com carteirinha do MEC, trabalhei em escolas públicas do norte de Santa Catarina, fui professor substituto da Unicentro em Irati, lá começei a ler sobre sociologia e escrevi meu projeto de mestrado. Acabei sendo aprovado, e fui cursar o mestrado no CDS/UFSC, sob a orientação do professor Giovani Pires, morei no Campeche, no sul da ilha da Magia e participei da Escola de Altos Estudos do Campeche,  fui editor do fanzine Çurubom Científico, conjuntamente com outros estudantes do mestrado. Terminei o mestrado e fui trabalhar numa faculdade particular, depois de dois anos de trabalho, acabei procurando no google um programa de doutorado, encontrei o PROPed - Programa de  pós graduação em Educação, na Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Fiz uma tese sobre currículo, fotografias e narrativas sobre o Instituto de Educação do Rio de Janeiro. Bem, hoje estou lecionando na Universidade Federal do Amapá, por ter uma grande vontade de andar por esse país, para ver se um dia eu descanso feliz. E nessa vontade, vou conhecendo pessoas, lugares, e vou caminhando...trabalhando e conhecendo o Brasil.

MARIANA MENDONÇA LISBÔA

Sou uma legítima "Manezinha da Ilha", com muito orgulho!!! Nasci em Florianópolis/SC em 1980, e aqui concluí meu ensino fundamental e médio. Em 1998 ingressei no curso de Licenciatura em Educação Física na UFSC, período no qual fui "petiana" (bolsista do Programa de Educação Tutorial - PET Educação Física) e depois monitora da disciplina Prática de Ensino de Educação Física Escolar I e II. Realizei minha monografia de graduação no âmbito dos estudos da relação Educação Física e Mídia, bem como também, depois, a monografia de Especialização em Educação Física Escolar (curso realizado em 2003-2004 na UFSC). Posteriormente a graduação, trabalhei como professora substituta em escola e creche do Município de Florianópolis e me integrei, desde sua criação (2003), ao Grupo de Estudos Observatório da Mídia Esportiva do CDS/UFSC. Em 2005, entrei no Programa de Mestrado em Educação Física do CDS/ UFSC, na área de concentração de Teoria e Pratica Pedagógica da Educação Física, tendo como orientador, mais uma vez, o querido Prof. Giovani De Lorenzi Pires. Atualmente sou professora efetiva da Prefeitura de Florianópolis, trabalhando com Educação Física na Educação Infantil, e professora da Faculdade Metropolitana de Blumenau (Fameblu), ligada ao Centro Universitário Leonardo Da Vinci (UNIASSELVI).

Minhas áreas de atuação, interesse e estudo, são: Educação Física Escolar e Prática de Ensino, Educação Física, Esporte e Mídia (especialmente nas relações com a infância), Pedagogia da Educação Física Infantil.

Contato: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. m

MELLYSSA DA COSTA MÓL

Natural de Viçosa, Minas Gerais, nasci no dia 29 de janeiro de 1979. Há 14 anos em Florianópolis, aqui, ingressei na Universidade Federal de Santa Catarina no ano de 1998 para cursar Jornalismo. Quatro anos mais tarde, tendo concluído a graduação, prestei novo vestibular, desta vez, para o curso de Educação Física, que devo terminar ainda este ano.
Ainda nas fases iniciais e a convite da direção do Centro de Desportos, fiquei responsável pela elaboração do "Informativo do CDS", veículo de comunicação destinado a divulgar notícias do Centro de Desportos. Na mesma época, também me dediquei a, junto com outro colega jornalista e, hoje, professor de Educação Física, a produzir o programa televisivo "Esporte e Cultura", transmitido pela TV Cultura local em parceria com a Universidade e que tinha como um de seus apresentadores o professor Giovani Pires.
Atualmente, além dos estudos pertinentes ao Observatório da Mídia Esportiva do qual participo ativamente há um ano, encontro-me envolvida na realização de minha monografia cujo título provisório é: " A análise do discurso da Revista Veja sobre saúde e estética".

MIRAÍRA NOAL MANFROI 

Esse meu nome é um pouco diferente mesmo, mas eu tenho grande carinho por ele, é indígena e significa “gente de mel”. Por ele ser um pouco complicado, as pessoas normalmente acabam me chamando de Mira. Meus pais são gaúchos, mas um pouco antes de me fazerem mudaram para Campo Grande no Mato Grosso do Sul, onde nasci em dois de agosto de 1990. Na cidade morena, fui criança de correr com os pés no chão e comer ingá sentada nos galhos das árvores. Neste cenário da infância fui vários personagens, dentre muitos que atuei um deles foi de estudante. Sendo que este papel foi e tem sido desempenhado por longos anos. Para além da fase da escola, cursei licenciatura em Educação Física na Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, onde me formei no final de 2011. Em 2012 trabalhei com natação para crianças, e em 2013 ingressei no mestrado em Educação Física na Universidade Federal da Santa Catarina, e também onde em meados de 2015 iniciei o doutorado.  Tenho paixão por estudar “com” as crianças e a minha aproximação ao LaboMídia se deve ao fato de me interessar pelos assuntos que debatem e a acolhida calorosa do grupo. 

MOACIR COSTA DO PRADO

Nasci em 3 de junho do ano de 1988, na cidade de Pouso Alegre (a cidade que abraça o futuro), no sul de Minas Gerais. Sempre tive a intenção de fazer Educação Física, mas por fortes influências desviei do meu caminho por 1 ano e fui parar no curso de Sistemas de Informação. Porém, após um primeiro ano de muita angústia e sofrimento, resolvi trilhar um novo caminho, que me trouxe até a Educação Física. Ingressei no curso de Educação Física da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ)  no ano de 2008. No ano de 2009 ouvi falar pela primeira vez em Mídia e Educação e logo me interessei pelo assunto e em 2010 comecei a aprofundar um pouco mais meus estudos na área. Com a criação do LaboMinas, assim chamado pelos mais íntimos, estou podendo aprimorar mais os meus conhecimentos no campo e que me ajudam na monografia intitulada “Educação Física e Mídia: a imagem de educação física atribuída pela mídia a alunos de Ensino Médio”.

E lembre-se, como já dizia o “Seu” Madruga: “Não há nada mais trabalhoso na vida, do que viver sem trabalhar.”

Contato: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

PAULA ARAGÃO

Sergipana de corpo e alma sou Paula Aragão nascida em Graccho Cardoso/SE. Do casal Pedro Aragão e Terezinha Alves Aragão, sou a penúltima de oito filhos. Nunca tive aula de Educação Física no Ensino Básico, mas sempre estive vinculada a atividades corporais por influencia paterna. Não sonhava em ser professora, mas cursei licenciatura em pedagogia na Universidade do Vale do Acaraú quando já lecionava no fundamental I. Passei no vestibular para Educação Física na Universidade Federal de Sergipe e encarei quatro anos e meio na belíssima Aracaju, tempos difíceis... E hoje depois de ter sido professora primária, coordenadora e secretária da educação na cidade natal a paixão falou mais forte e com um orgulho imenso me tornei professora de Educação Física da rede municipal de Graccho. Cursei pós-graduação em Didática e Metodologia do Ensino Superior pela Faculdade São Luis de França e sou integrante do Grupo de Pesquisa Observatório da Mídia Esportiva/UFS desde 2008, por isso, meu encarecido agradecimento ao Grande Mestre Sérgio Dorenski, pelo convite a participar do Grupo após cursar a disciplina Tópicos Especiais da Educação Física, onde tive minha primeira aproximação com estudos da mídia. Aos demais dos grupos de Sergipe e de Santa Catarina, minha sincera gratidão pela acolhida, pois é nesta família que encontro estímulo para continuar restaurando minha prática docente e entusiasmo para novas reflexões.

Contato: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

PAULA BIANCHI

Licenciada em Educação Física pela Universidade Federal de Santa Maria (2004). Também na UFSM, concluiu o curso de Pós-Graduação, nível Especialização em Educação Física Escolar (2006). Possui Mestrado em Educação Física pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Física do Centro de Desportos da Universidade Federal de Santa Catarina (2009). Doutoranda em Educação Física - PPGEF/CDS/UFSC. Professora do Curso de Educação Física/Universidade Federal do Pampa. Dedica-se ao estudo de temas como: Educação Física Escolar, Mídia-Educação (Física) e Formação de Professores.

Contato: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

RODRIGO AUGUSTO MORAIS

Olá. Meu nome é Rodrigo Augusto Resende Morais (mas era para ser Guilherme, mudanças de última hora...) e respiro o ar deste mundo desde Abril de 1991. Nascido nas terras do interior de Minas Gerais, em São João Del Rei, fui um intenso futebolista dos 6 aos 12 anos, passando parte de minha infância-adolescência em meio à gramados e quadras (voleibol, futsal...), depois pratiquei apenas por diversão. Por isso, a Educação Física se tornou uma de minhas matérias preferidas (depois de matemática) por trabalhar com o esporte que eu tanto praticava. No entanto, pretendia ser militar e deixar a faculdade para mais tarde, mas, acabei prestando vestibular e passei (pretendo me formar em 2012) em Educação Física. Descobri, a partir da chegada de um professor (leia-se surfista frustrado), o tema Mídia-Educação. O assunto me interessou e agora faço parte do Grupo de Estudos LaboMídia (carinhosamente, LaboMinas), estou produzindo um artigo de Iniciação Científica sobre games e educação, e planejando meu Trabalho de Conclusão de Curso, que será sobre Mídia-Educação. De qualquer modo, pretendo continuar estudando, apreciando meu bom e velho rock n’ roll, e quem sabe me formar em outro curso para complementar minha formação, pois, espero poder contribuir para este mundo de alguma forma, e educar pessoas me parece um bom caminho.

RODRIGO FERRARI

Licenciado e mestre em Educação Física pela Universidade Federal de Santa Catarina. Pesquisador do LaboMídia/UFSC, grupo Observatório da Mídia Esportiva desde 2007. Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFSC, pesquisador no Núcleo de Infância Comunicação e Arte (NICA). Mais informações acesso http://www.rodrigoferrari.me

contato: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

 

ROGÉRIO SANTO PEREIRA 

Possui graduação em Educação Física (Licenciatura e Bacharelado) pela Universidade Federal de Viçosa (2005), mestrado em Educação Física pela Universidade Federal de Santa Catarina (2009) e doutorado em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina (2014). Foi bolsista PDSE/CAPES com estágio de doutoramento sanduíche junto à Università Cattolica del Sacro Cuore (Milão, Itália). É professor do Departamento de Educação Física da Universidade Federal de Santa Catarina. Co-coordena o grupo de pesquisa LABOMÍDIA - Laboratório e Observatório da Mídia Esportiva (CDS/UFSC). É co-editor da Revista Motrivivência/CDS/UFSC. Coordena o Centro de Desenvolvimento de Pesquisas em Políticas de Esporte e de Lazer da Rede Cedes de Santa Catarina (Rede CEDES/SNEELIS/Ministério do Esporte). Linhas de atuação: Educação Física, Esporte e Lazer, Mídia-Educação, Formação de Professores.


SÉRGIO DORENSKI

Olá, sou Sérgio Dorenski – Sergipano legítimo e “fi do cabrunco” - Formado em Educação Física pela UFS e andei visitando os cursos de Ciências Econômicas e Filosofia. Fiz Especialização na UFAL, Mestrado em Educação Física na UFSC e Doutorado em Educação pela Faculdade de Educação da UFBA. Sou professor da UFS – Departamento de Educação Física. Estive na fase inicial de construção deste grupo (2003) e nunca mais desprendi-me desta philia. Em 2007, construímos um braço do Observatório na UFS o qual vem desenvolvendo diversas pesquisas na relação Educação/Educação Física/Mídia/Mídia-Educação/Esporte/espaço público e lazer.

Contato: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

SILVAN MENEZES DOS SANTOS

Natural de Aracaju-SE, sou doutorando do programa de pós-graduação em Educação Física da Universidade Federal do Paraná, na linha de Esporte, Lazer e Sociedade, estudando as relações da mídia com o esporte paralímpico. Sou mestre em Educação Física pela Universidade Federal de Santa Catarina. Graduado em Educação Física Licenciatura na Universidade Federal de Sergipe, entrei para o grupo de pesquisa em 2010 a partir do interesse pelos estudos sobre o esporte enquanto "fenômeno esportivo" e, consequentemente, sobre mídia esportiva. Fui bolsista da Rede Cedes do Ministério dos Esportes durante o ano de 2010 no LaboMídia/UFS e participei da pesquisa sobre espaços e equipamentos de lazer realizada na Orla de Atalaia em Aracaju/SE e que consolidou-se no livro, "Projeto Orla". Me interesso por estudos em esporte e mídia, sociologia do esporte e mídia-educação (física).

 

SCHEILA ESPÍNDOLA ANTUNES

Nasci em Santa Rosa/RS, mas aos quinze anos fui morar em Santa Maria/RS para terminar o ensino médio e prestar vestibular na UFSM, instituição na qual ingressei em 1998, no Curso de Educação Física do Centro de Educação Física e Desportos. A paixão pela patinação artística, esporte que pratico desde os sete anos de idade, levou-me a optar por esse curso maravilhoso. Graduei-me em setembro de 2002. Em 2003 iniciei o Curso de Especialização em Pesquisa e Ciência do Movimento Humano do CEFD/UFSM, foi quando me aproximei dos estudos da, até então, linha de pesquisa: Comunicação, Movimento e Mídia na Educação Física. Estudei, na época o lazer e a comunicação humana, entendendo o lazer como um estágio comunicacional da vida humana. Tive o privilégio de ter sido orientada pela Prof.ª Dr.ª Marli Hatje Hammes e pelo saudoso Prof.° Dr.° Roque Luiz Moro. Em 2004, mudei-me para Florianópolis/SC. Na expectativa de conhecer melhor o Curso de Mestrado em Educação Física do CDS/UFSC encontrei nosso querido professor Giovani e o grupo de estudos do LaboMídia. Em fevereiro de 2005, a grande conquista: iniciei o Curso de Mestrado em Educação Física (Teoria e Prática Pedagógica em Educação Física). Atualmente resido no interior de Minas Gerais, onde coordeno o curso de graduação e o de pós-graduação em educação física da Faculdade do Futuro. Mesmo longe mantenho meu vínculo com a família LaboMídia e continuo estudando muito para acompanhar meus colegas de grupo, pelos quais tenho total carinho e admiração.

Contato: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

VICTOR ABREU AZEVEDO

Sou um guri nascido na capital gaúcha, no ano de 1982. Cheguei à bela Florianópolis em 2004 para cursar Educação Física na UFSC, e depois de percorrer os mais diversos caminhos do Centro de Desportos, sem me aprofundar, mas sempre buscando conhecer um pouco sobre cada um deles, descobri meu interesse pelo estudo deste tema que permeou, e até em alguns momentos guiou, a minha vida desde pequenino.
Estudar mídia e comunicação é como voltar aos tempos da minha infância e de minha juventude, quando eu tinha como forma de lazer/entretenimento os antigos e cultuados seriados japoneses e os videogames, dentre outros produtos e tecnologias que de alguma forma me uniam ao mundo e suas pessoas. O estranho é que apesar de ter tido uma aversão à atividade física até certo período de minha vida - por ser fisicamente cansativa e me deixar exausto - e aos esportes - principalmente devido a sua alta competitividade mesmo no contexto escolar - resolvi estudar o movimento humano justamente por influência dos próprios produtos veiculados às mais diversas mídias.
Atualmente além de participar do Grupo de Estudos Observatório da Mídia Esportiva, realizo uma pesquisa de iniciação científica junto ao LABOMÍDIA, que considero um espaço de grandes possibilidades de aprendizado e de realizações.
Abraço para todos!
//

!CDATA[ // ![CDATA[ document.write( '' ); // ]]>

Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar //

 

 

]]>