Teses / Dissertações

Acesso aberto às teses e dissertações do LaboMídia.

Documentos

Ordenar por : Nome | Data | Acessos | [ Descendente ]

20 - GESTÃO DA INFORMAÇÃO E CONHECIMENTO EM ESPORTE E LAZER 20 - GESTÃO DA INFORMAÇÃO E CONHECIMENTO EM ESPORTE E LAZER

hot!
Adicionado em: 19/06/2012
Date modified: 19/06/2012
Tamanho: 7.12 MB
Downloads: 2904

Rodrigo Ferrari

 

GESTÃO DA INFORMAÇÃO E CONHECIMENTO EM ESPORTE E LAZER

 

A partir da experiência de desenvolvimento e administração do RIRC, um projeto realizado pelo LaboMídia/UFSC com o apoio da Rede CEDES/Ministério do Esporte, delimitamos o uso desse repositório digital como objeto de pesquisa desta dissertação de mestrado. Dessa forma, organizamos esse trabalho com base nas discussões teóricas que envolvem a gestão da informação e do conhecimento no âmbito do esporte e lazer brasileiro, sobretudo, pelos princípios do movimento mundial a favor da promoção do acesso aberto à informação e conhecimento científico.

10 - AVATARES NO SECOND LIFE 10 - AVATARES NO SECOND LIFE

hot!
Adicionado em: 19/06/2012
Date modified: 19/06/2012
Tamanho: 1.01 MB
Downloads: 3356

Rogério Pereira dos Santos

AVATARES NO SECOND LIFE:

CORPO E MOVIMENTO NA CONSTITUIÇÃO DA NOÇÃO DE PESSOA ON-LINE.

 

Esta dissertação configura-se como uma busca interpretativa da constituição do “ser” on-line. Pretende-se revelar de que forma corpo e movimento, consolidados objetos de intervenção pedagógica da Educação Física, são problematizados no ciberespaço, em especial no jogo de computador Second Life. Trata-se de um percurso que busca colaborar para uma “Antropologia no ciberespaço”, compreendendo, com ênfase no aspecto vivencial dos sujeitos, o ciberespaço como um campo antropológico onde se fazem etnografias. Assume-se o corpo como uma construção simbólica e o ciberespaço como uma das dimensões constituintes das sociedades complexas. Da reunião de ações e diálogos que se desenrolaram em um espaço social compartilhado a partir de avatares, pode-se destacar as inúmeras estratégias, recursos, dimensões, regras, interações que contribuem para a construção da noção de pessoa on-line. A partir das observações, percebeu-se que os conceitos de imaginação e imaginário são essenciais para compreender como os participantes tecem caminhos em suas brincadeiras narrativas para construir no ciberespaço uma corporalidade que é central em suas interações. O sentido do avatar e dos demais objetos do Second Life só pode ser dado a partir das ações dos participantes no jogo. Estes, sujeitos dotados de intencionalidade, fazem parte de uma rede de relações ao mesmo tempo em que suas ações são condição para a que a relação exista. É no momento em que as brincadeiras narrativas acontecem no Second Life que cada participante tenta traçar para a sua identidade on-line uma estabilidade que o faça tanto reconhecido quanto aceito nas situações interativas do grupo. A brincadeira de construir-se corporalmente no ciberespaço pode ser um momento privilegiado para refletir e questionar a visão dualística cartesiana que entende o corpo como entidade que contém somente aquilo que é abrangido pelo invólucro externo, a pele humana. Para justificar o objeto e o campo de estudo, o trabalho também discorre sobre as possíveis aproximações das tecnologias digitais – em especial dos jogos eletrônicos – com a Educação Física e traz reflexões sobre o conceito do que é virtual em busca do rompimento da oposição dualística com o real.

15 - NO REINO DO QUERO-QUERO 15 - NO REINO DO QUERO-QUERO

hot!
Adicionado em: 19/06/2012
Date modified: 19/06/2012
Tamanho: 3.78 MB
Downloads: 3445

Fernando Gonçalves Bitencourt

NO REINO DO QUERO-QUERO: CORPO E MÁQUINA, TÉCNICA E CIÊNCIA EM UM CENTRO DE TREINAMENTO DE FUTEBOL – UMA ETNOGRAFIA CIBORGUE DO MUNDO VIVIDO

Esta tese, ao postular como problema antropológico contemporâneo a mecanização do corpo e a humanização da máquina, objetivou investigar a relação corpo e máquina, técnica e ciência no centro de treinamento de  um clube da primeira divisão do futebol brasileiro, tomando como horizonte de análise o ciborgue e o ser-no-mundo. Através do método etnográfico, um trabalho de campo foi realizado entre abril de 2006 e fevereiro de 2007, quando observei a estrutura e organização do clube, a vida cotidiana e os sistemas de treino, além dos agenciamentos da tecnociência e da biomedicina por parte dos especialistas – médicos, fisioterapeutas, técnicos e auxiliares, fisiologista, preparadores físicos, nutricionista... – sobre os corpos dos atletas no centro de treinamento. Este trabalho está dividido em três partes. Na primeira, após discutir teórico-metodologicamente a tese, descrevo o espaço físico e social que o clube ocupa na cidade e as relações vividas pelos atletas numa instituição que guarda características semelhantes às de uma “instituição total”. Ademais, procurei compreender a lógica que preside as relações quando estas são mediadas pela equivalência abstrata do dinheiro. A anatomopolítica e o liberalismo econômico, entre outras questões, estão no  fundamento destas primeiras análises. A segunda parte da tese apresenta os procedimentos planejados e realizados pela biomedicina e a tecnociência; analisa a maquinaria agenciada pelos especialistas já referidos e interpreta, a partir das teses da normalização da espécie e do biopoder, como os atletas convivem com as máquinas que escrevem e inscrevem verdades ao investir sobre o corpo seus esforços perscrutadores. Para tanto, etnografei as práticas médico-fisioterápicas, o trabalho do fisiologista e dos preparadores físicos, o treinamento técnico e tático, além da nutrição. O ciborgue, fruto da técnica – que desencobre aquilo que está disponível – e da ciência, vê-se entrelaçado ao conjunto maquínico do CT através da incorporação dos procedimentos, dos dispositivos e ojetos que tal maquinaria põe em ação. Tal incorporação, entretanto, já anuncia a terceira parte da tese, na qual a incomensurabilidade do corpo (do humano) foi tratada.Deslocando o enfoque da relação saber/poder foucaultiana para o ser-no-mundo fenomenológico, discuto, considerando a “indeterminação essencial da existência,” os imponderáveis e a incomensurabilidade do corpo próprio: esta abertura passível de agenciamento pelos atletas. Retomando a reflexão sobre o corpo-máquina, sustento que a dor, a illusio e o se-movimentar estão inscritos neste espaço incontrolável do mundo que habitamos e que tais ordens do vivido estão no campo da mimesis, da poiesis e da esthesis, ou seja, constituem-se em tempo-espaço de criação, de invenção, no qual o novo pode brotar e as relações sociais institucionalizadas numa estrutura em “equilíbrio instável” podem ser substituídas por momentos de  comunnitas. Tais aspectos, ainda, destarte a fragmentação do corpo e das práticas através dos procedimentos tecnocientíficos, sugerem também os termos nos quais uma experiência, no sentido benjaminiano, surge como devir possível, haja vista a unidade fundamental corpomundo, esta que o se-movimentar traduz em  diálogo através da intercorporeidade e da intersubjetividade. Concluo, por fim, afirmando a tese de que a natureza do corpo próprio é o ponto de partida e o limite  da relação corpo-máquina, assim como a ancoragem que possibilita o ciborgue, este ser que incorporou a tecnociência.

02 - REPRESENTAÇÕES DA CULTURA ESPORTIVA E DA MÍDIA EM MOÇAMBIQUE 02 - REPRESENTAÇÕES DA CULTURA ESPORTIVA E DA MÍDIA EM MOÇAMBIQUE

hot!
Adicionado em: 19/06/2012
Date modified: 19/06/2012
Tamanho: 1.06 MB
Downloads: 3546

CLÁUDIO LEÃO DA SILVA TONETTI

REPRESENTAÇÕES DA CULTURA ESPORTIVA E DA MÍDIA EM MOÇAMBIQUE NA PERSPECTIVA DO DESENVOLVIMENTO HUMANO 

A pesquisa teve por objetivo preencher as lacunas do tema nos referenciais teóricos e acadêmicos, ao fornecer elementos para a construção de referenciais teóricos e estratégias de ação assim como contribuir para a definição de estratégias de intervenção sob a forma de políticas públicas, pautadas pela realidade da cultura esportiva em Moçambique. A situação problema, trabalhada foi: Como a mídia esportiva é percebida e representada nas camadas jovens e adultas com diferentes formações da cultura esportiva, e como este fato pode estar relacionado ao desenvolvimento humano em Moçambique? Metodologicamente a pesquisa apresentou uma abordagem observacional-descritiva, sendo realizada entre os meses de maio e julho de 2008, na cidade de Maputo, em Moçambique e composta por aplicação de inquéritos estruturados para recolha dos dados com realização de entrevistas individuais e análise observacional e elaboração de diário de campo. Os sujeitos da pesquisa foram agrupados em: ex-atletas (GEX) e esportistas do lazer (EL). Optou-se por realizar uma análise situacional do espaço esportivo de lazer selecionado para a pesquisa e também uma breve análise do contexto atual em termos de conteúdo dos programas da mídia moçambicana sobre o esporte. Podemos através da leitura dos dados recolhidos na pesquisa, com o devido cuidado para não generalização, considerar que: o tipo e a qualidade da inserção dos sujeitos na cultura esportiva implicam diferentes formas de conceber a importância do esporte; a diferença de concepção do esporte entre os dois grupos de sujeitos entrevistados se reflete também na condição que conferem à mídia esportiva. Inferiu-se que a própria noção de desenvolvimento humano relacionado ao esporte e à mídia reflete essas diferenças em ambos os grupos; o papel atribuído ao esporte escolar foi relevante, para os EL, é justamente o aprendizado educativo do esporte como conteúdo pedagógico da escola que faz com que eles tenham adquirido o conhecimento sobre a importância da prática regular do esporte como fator de desenvolvimento humano, por suas múltiplas facetas. Finalizando estas considerações podemos dizer sinteticamente que a mídia é elemento fundamental que pode favorecer articular e harmonizar estes componentes do desenvolvimento humano e cultura esportiva em Moçambique.

13 - Os destinos do Leão 13 - Os destinos do Leão

hot!
Adicionado em: 19/06/2012
Date modified: 19/06/2012
Tamanho: 2.45 MB
Downloads: 3836

Fábio de Carvalho Messa

Os destinos do leão: um estudo semiótico-discurssivo das charges jornalísticas sobre o Avaí futebol clube no campeonato brasileiro/2009

Este trabalho oferece aos professores de Educação Física um respaldo teóricocrítico sobre análise semiótico-discursiva de charges jornalísticas de futebol nos veículos impressos da Grande Florianópolis. Trata-se de uma leitura do desempenho do Avaí Futebol Clube no Campeonato Brasileiro de 2009, a partir das charges produzidas de maio a dezembro daquele ano por Zé Dassilva (Diário Catarinense), Mendes (Notícias do Dia) e Adorno (Hora de Santa Catarina). Neste percurso, fundamentam-se concepções de charge, cartum e caricatura, de acordo com sua evolução na história da imprensa; descrevem-se as relações de sentido subjacentes às mascotes dos clubes, assim como vislumbra-se a decorrente narrativização das mascotes no universo das charges jornalísticas. O processo analítico se desenvolve diante de uma amostra de 77 charges, que são dispostas cronologicamente, nas quais se destacam alguns elementos fundamentais constituintes dos processos semiósicos e discursivos das narrativas da performance do Leão ao longo do campeonato.