Capítulos de livros

Acesso aberto aos Capítulos de Livros  publicados pelos integrantes do LaboMídia em 2012.

Documentos

Ordenar por : Nome | Data | Acessos [ Descendente ]

O CORPO OBESO O CORPO OBESO

hot!
Adicionado em: 27/11/2012
Date modified: 27/11/2012
Tamanho: 9.51 MB
Downloads: 3655

MATOS, Keyte dos Santos; ZOBOLI, Fabio; MEZZAROBA, Cristiano. O corpo obeso: um corpo deficiente? Considerações a partir da mídia. In: SOUZA, Verônica dos Reis Mariano; SOUZA, Rita de Cácia Santos; ZOBOLI, Fabio; LIMA, Iara Maria Campelo (orgs.). Inclusão escolar da pessoa com deficiência: utopia. Aracaju: Criação, 2012, p. 91-110. (ISBN 9788562576256)

RESUMO

Este texto não tem a pretensão de classificar ou enquadrar a obesidade nos mesmos moldes da deficiência, porém, com base no corpo obeso queremos estabelecer um diálogo tensivo com a construção social da diferença e dos estigmas mediados a partir dela. Com o foco no estigma gerado a partir do corpo obeso traremos à baila algumas reflexões que se fundam sob o mesmo imaginário cultural que sustenta as tramas da (in)exclusão.

 

PESQUISA EM EDUCAÇÃO FÍSICA PESQUISA EM EDUCAÇÃO FÍSICA

hot!
Adicionado em: 04/12/2012
Date modified: 04/12/2012
Tamanho: 351.57 kB
Downloads: 4836

ZOBOLI, Fabio; MEZZAROBA, Cristiano. Pesquisa em Educação Física: refletindo e problematizando algumas tensões e perspectivas para os "filhos do casamento (in)feliz". In: SILVA, Neide de Melo Aguiar; RAUSCH, Rita Buzzi (Orgs.).Pesquisa em Educação: pressupostos epistemológicos e dinâmicas de investigação. Blumenau/SC: Edifurb, 2011, v. , p. 121-146.

RESUMO

A pesquisa, como bem sabemos, é algo que transcende aquela representação social em torno do cientista: não basta colocarmos o jaleco branco, acionarmos nossos instrumentos de trabalho (seja a prancheta e o bloco de anotações, ou mesmo aparelhos high tech para obtenção e processamento de dados) e redigirmos textos repletos de palavras e expressões rebuscadas, tabelas, gráficos e figuras que conotam a especificidade de uma determinada área (garantindo, com isso, a compreensão de uma parcela pequena, e, portanto, corporativista, daquilo que é produzido e socializado) para termos a garantia de que, enfim, realizamos uma pesquisa.

GRANDES EVENTOS, GRANDES NEGÓCIOS? GRANDES EVENTOS, GRANDES NEGÓCIOS?

hot!
Adicionado em: 05/03/2013
Date modified: 05/03/2013
Tamanho: 663.42 kB
Downloads: 1608

MEZZAROBA, Cristiano; ANTUNES, Scheila. Grandes eventos, grandes negócios? Uma reflexão sobre repercussões dos grandes eventos esportivos no Brasil a partir do que é veiculado pela mídia. IN: OLIVEIRA, Ailton Fernando Santana; HAIACHI, Marcelo de Castro (Org.). Megaeventos esportivos e seus impactos nos estados periféricos: Ciclo de Debates em Estudos Olímpicos. São Cristóvão: Editora UFS, 2012.

RESUMO

Este ensaio teórico tem por objetivo estimular o leitor a refletir sobre como o esporte tem sido movimentado no Brasil a partir do momento em que o país tornou-se, aos olhos do mercado financeiro, um território potencialmente produtivo e lucrativo a partir da realização de megaeventos esportivos. Essa perspectiva que reforça a condição do esporte enquanto mercado e mercadoria, evidenciou-se quando a cidade do Rio de Janeiro foi sede dos Jogos Pan-Americanos em 2007. A realização de um evento desse nível impulsionou o Brasil a candidatar-se à sede para outros megaeventos esportivos, com proporções ousadamente maiores, neste caso, a Copa do Mundo de Futebol em 2014 e os Jogos Olímpicos também na capital fluminense em 2016.

AS MANIFESTAÇÕES DO ESPORTE EM TEMPOS ATUAIS AS MANIFESTAÇÕES DO ESPORTE EM TEMPOS ATUAIS

hot!
Adicionado em: 05/03/2013
Date modified: 05/03/2013
Tamanho: 571.78 kB
Downloads: 1634

CARTIER, Eduardo; ZOBOLI, Fabio. As manifestações do esporte em tempos atuais: uma reflexão dialética. IN: OLIVEIRA, Ailton Fernando Santana; HAIACHI, Marcelo de Castro (Org.). Megaeventos esportivos e seus impactos nos estados periféricos: Ciclo de Debates em Estudos Olímpicos. São Cristóvão: Editora UFS, 2012.

RESUMO

A crise paradigmática evidenciada por Marinho de Oliveira (1985) na década de 1980, trás consigo toda uma argumentação no sentido de clarificar a os (des) caminhos da Educação Física até aquele momento. O paradigma biologicista reinante até então fazíamos vislumbrar o esporte no contexto da Educação Física somente sob as lentes da fisiologia, da biomecânica e do anatômico tudo em prol de uma formação de atletas campeões.