BRASIL NA COPA

 BRASIL NA COPA

Documentos

Ordenar por : Nome | Data | Acessos | [ Descendente ]

08 - CAPÍTULO 3: Folha de São Paulo: um jornal a serviço (da copa) do Brasil 08 - CAPÍTULO 3: Folha de São Paulo: um jornal a serviço (da copa) do Brasil

hot!
Adicionado em: 01/11/2012
Date modified: 08/11/2012
Tamanho: 693.14 kB
Downloads: 2520

BRUGGEMANN, Ângelo Luiz, et al. Folha de São Paulo: um jornal a serviço (da Copa) do Brasil. In: PIRES, Giovani de Lorenzi. O Brasil na Copa, a Copa no Brasil. Florianópolis: Tribo da Ilha, 2011.

RESUMO

Em uma pesquisa que investiga a presença de agendamentos na cobertura de um evento esportivo da magnitude e importância de uma Copa do Mundo de Futebol em várias plataformas de mídia, obviamente que o jornalismo impresso precisaria ter o seu espaço.

05 - INTRODUÇÃO 05 - INTRODUÇÃO

hot!
Adicionado em: 01/11/2012
Date modified: 08/11/2012
Tamanho: 242.49 kB
Downloads: 2756

LABOMÍDIA/UFSC. Introdução: o tema, sua importância e a sua problematização. In: PIRES, Giovani de Lorenzi. O Brasil na Copa, a Copa no Brasil. Florianópolis: Tribo da Ilha, 2011.

RESUMO

A cada quatro anos, o Brasil se descobre mais patriota e orgulhoso da sua brasilidade, vestindo-se de verde e amarelo para torcer pela Seleção Brasileira de Futebol. São momentos importantes para reafirmar nossa identidade nacional. Como afirma Bitencourt1, “é na seleção brasileira de futebol que nosso pensamento sobre nós mesmos é levado ao extremo. É esse o espaço no qual nossa identidade vai ser debatida, inventada e construída. A seleção é a representação de nossas representações sobre nós mesmos”. Neste sentido, a Copa do Mundo de 2014, que acontecerá no Brasil, será para os brasileiros um evento ainda mais especial.

09 - CAPÍTULO 4: A copa do mundo de futebol da/na globo: Agendando 2014 no jornal nacional 09 - CAPÍTULO 4: A copa do mundo de futebol da/na globo: Agendando 2014 no jornal nacional

hot!
Adicionado em: 01/11/2012
Date modified: 08/11/2012
Tamanho: 887.35 kB
Downloads: 2821

MIRANDA, Lyana Thédiga, et al. A Copa do Mundo de futebol da/na Globo: agendando 2014 no Jornal Nacional. In: PIRES, Giovani de Lorenzi. O Brasil na Copa, a Copa no Brasil. Florianópolis: Tribo da Ilha, 2011.

RESUMO

A cada quatro anos, já de praxe, ocorre aquilo que poderíamos chamar de um “ritual” mundial, embora não sejam todos os países que estão representados nesta celebração: os olhares e as atenções voltam-se à Copa do Mundo de Futebol – considerado, atualmente, o maior evento esportivo mundial, mais até que os próprios Jogos Olímpicos.

10 - CAPÍTULO 5: Copa digital: blogs antecipam 2014 10 - CAPÍTULO 5: Copa digital: blogs antecipam 2014

hot!
Adicionado em: 01/11/2012
Date modified: 08/11/2012
Tamanho: 1.31 MB
Downloads: 2879

FERRARI, Rodrigo Duarte, et al. Copa digital: blogs antecipam 2014. In: PIRES, Giovani de Lorenzi. O Brasil na Copa, a Copa no Brasil. Florianópolis: Tribo da Ilha, 2011.

RESUMO

Em 29 de outubro de 2007, um dia antes da notícia oficial sobre a decisão do Brasil sediar a Copa 2014 ser divulgada, Juca Kfouri escreveu em seu blog não apenas que a decisão já havia sido tomada1, como aproveitou para alertar os internautas sobre a problemática do uso de dinheiro público para financiar a realização do evento no país. No site do jornal Folha de São Paulo, às 8 horas da manhã do dia seguinte, também foi publicado uma matéria que reforçava as preocupações referentes aos custos do evento.

11 - Considerações finais 11 - Considerações finais

hot!
Adicionado em: 01/11/2012
Date modified: 08/11/2012
Tamanho: 491.03 kB
Downloads: 3026

PIRES, Giovani de Lorenzi, et al. Considerações finais. In: PIRES, Giovani de Lorenzi. O Brasil na Copa, a Copa no Brasil. Florianópolis: Tribo da Ilha, 2011.

RESUMO

Desde um ponto de vista etimológico, a grafia mais correta da palavra mídia deve ser no singular, uma vez que ela já contém o sentido de plural na raiz da sua construção: trata-se de uma versão aportuguesada do vocábulo inglês media, derivado do latim media, que representa o plural de medium (meio), portanto, mídia significa meios em seu idioma original. Neste sentido, a expressão mídias, no plural, poderia ser considerada uma espécie de redundância ou mesmo um pleonasmo. Um dos conceitos-chave que vimos tentando desenvolver nos estudos do LaboMidia/UFSC, o de Mídia-Educação Física, atém-se a tal forma de grafia, no singular, em decorrência do conceito original no qual nos fundamentamos, que é o de Mídia-Educação (ver, p.ex.: FANTIN, 2006; RIVOLTELLA, 2009).